Proposta de palestra formativa com atividades praticas para educadores e técnicos do

PETI - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

Organize e execute com tranquilidade neste exercício (2019) despesas no âmbito do PETI através de ações de Formação, Sensibilização e Mobilização dos seguimentos sociais, agentes públicos, entidades da rede de atendimento e proteção envolvidos com a promoção e garantia do direito da criança e do adolescente e com a erradicação do trabalho infantil.

A Zazarte Produções, Eventos e Projetos – ME têm experiência comprovada em atividades de formação de educadores, mobilização social, intervenção lúdica comunitária, produção e apresentação de espetáculos de teatro, nos termos das orientações do MDS – Ministério do Desenvolvimento Social. Queremos propor a contratação de 01 (uma) palestra com atividades lúdicas e práticas que tem por objetivo ampliar o conhecimento e sensibilizar os participantes acerca das necessidades de promover o debate sobre a exploração do trabalho infantil e a apresentação do espetáculo de teatro “quando eu crescer eu quero ser...” que apresenta dados relacionados com as piores formas do trabalho infantil, e se utiliza das linguagens do teatro de bonecos, teatro clown e da música para sensibilizar o público para reflexão e para garantir uma comunicação mais eficaz e prazerosa. Essas ações estão previstas dentro do eixo Informação e Mobilização, que fazem parte das Ações Estratégicas do PETI, um único objeto importante classificado como a contratação de oficinas e seminários em escolas, unidades de saúde, e outros espaços.

Objetivos:

• Promover palestras com informações relacionadas com a prevenção e erradicação do trabalho infantil apresentando os dados da exploração do trabalho infantil;

• Promover oficina com atividades práticas que desperte nos participantes o interesse pela utilização das linguagens artísticas e para que possam ter noções básicas acerca de sua utilização como instrumento metodológico e área de conhecimento;

• Contribuir e atuar na promoção e garantia dos direitos fundamentais previstos no titulo II, art. 58 e 59, capitulo IV e titulo III capitulo I, art. 70 e 71; e capitulo II Seção I, art. 75 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Essa proposta de palestra com oficina pratica e apresentações lúdicas (teatral) tem por objetivo construir conhecimentos acerca do PETI  ́Programa de Erradicação do Trabalho Infantil; além de proporcionar aos educadores, técnicos e demais participantes a possibilidade de exercitar seu potencial criativo para planejar e ampliar as ações relacionadas com a erradicação do trabalho infantil. Para tanto faremos uso de atividades de arte-educação envolvendo as linguagens artísticas: teatro, música, teatro de bonecos, sombra chinesa e dança popular (ciranda).

As atividades propostas são refletidas (avaliação) no coletivo de forma que os participantes possam elaborar um plano de ação a ser aplicado em sala de aula com as crianças e famílias, como estratégia para ampliar as ações do PETI.

 

Público: Educadores, Agentes Sociais, Agentes de Saúde, representantes de ONG´s, Assistentes Sociais, Psicólogos, Coordenadores e Gestores.

 

Carga horária: 20 horas de atividades.

Conteúdo Programático e Estratégias:

  • Apresentação

  • Identidade – relações pessoais e interpessoais – identidade de grupo;

  • Dados da Exploração do Trabalho Infantil e as iniciativas de prevenção (PETI) – Piores Formas de Exploração do Trabalho Infantil – Conceito de Infância e Trabalho Infantil.

  • Prevenção em Rede e nos espaços alternativos dos territórios.

  • Relatos de experiência e vivências relacionadas com as linguagens do Teatro de Bonecos, Sombra Chinesa, vídeo, desenho e Teatro Clown,

  • Processos de Criação e Expressão: corporeidade e movimento corporal, ritmo, movimento individual e coletivo, manipulação e confecção de bonecos, improvisação e Sobra Chinesa.

  • Planejamento participativo (plano de ação), Apresentação, Avaliação e Certificação

 

Metodologia:

Promover palestra expositiva norteada pela Ludicidade e Pedagogia de Direitos. Relacionar teoria e prática, utilizando-se de jogos, dinâmicas, dramatização, confecção dos bonecos, vivência pratica, apresentações e avaliação coletiva do processo de trabalho desenvolvido.

A avaliação será expositiva e por escrito.

 

Resultados esperados:

Esperamos refletir com os participantes os direitos da criança e do adolescentes, a situação da exploração do trabalho infantil, o papel e contribuição da arte e das utilização das linguagens artísticas como proposta de intervenção na realidade; estimular os educadores para exercitar seu potencial criativo a partir da percepção da potencialidade dos sentidos; além de trabalhar com noções básicas acerca da linguagem do teatro de bonecos de forma que as orientações possam ampliar seus conhecimentos para aplicar a atividade com as crianças e adolescentes envolvendo-as de maneira prazerosa, garantindo o espaço do brincar, do refletir e do aprender.

Contribuir para a garantia dos direitos básicos previstos no artigo 4o do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

Cenas e esquetes - Espetáculo "Quando eu crescer eu quero ser" que aborda o tema

Prevenção ao Trabalho Infantil