capa.png

A Zazarte Produções, eventos e Projetos é formada por uma equipe de educadores, artistas e parceiros, com larga experiência em trabalhos de formação de educadores, conselheiros, agentes comunitários sociais e de saúde, formação em pedagogia de direitos, mobilização social, intervenção lúdica comunitária, produções de vídeos e espetáculos de teatro, apresentações artísticas, trabalhos com arte-educação.

Realizamos atividades de formação e assessoria pedagógica para técnicos, coordenadores e gestores da área da educação e da área social, profissionais envolvidos com as atividades da Proteção Social Básica, Especial e Especial de Alta Complexidade, com técnicos e coordenadores que atuam nos variados programas (municipais, estaduais e federais) relacionados com a execução do cadastro único, além de também prestar atividades de formação pedagógica, mobilização e intervenção lúdica para as crianças, adolescentes e famílias nos respectivos programas e projetos.

Nesses últimos anos estamos atuando com formação e criando um repertório de atividades de prevenção com apresentação de teatro voltado para crianças e adolescente do ensino fundamental I e II abordando as temáticas da prevenção às drogas voltado para alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, prevenção à violência, exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes, voltado para crianças e adolescente do Ensino Fundamental I e II, prevenção às DST´s, Aids e Hepatite voltado para alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio em parceria com a Secretaria de Saúde do município de Osasco e Diretoria de Ensino do Estado, com o Projeto Previna no município de Boituva e Cerquilho, em parceria com a Secretaria de Saúde do município de Osasco, com a Diretoria de Ensino de Osasco no Projeto Prevenção também se Ensina parcerias com Secretaria de Educação e Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social do Município de Itu, Diretoria de Ensino e Ministério do Desenvolvimento Social e Combate e Itapevi – SP, dentre outros municípios.

 

Temos sempre por desafio adotar uma linguagem de fácil entendimento para o público e tanto o enredo das peças de teatro quanto as propostas de formação pressupõem momentos de ludicidade, interação, reflexão e participação do público participante.

 

Assim, nossas ações dialogam com as ações voltadas para a melhor idade, que já são desenvolvidas nos equipamentos públicos para este grupo, numa perspectiva de educação popular e se apresenta como propostas metodológicas construídas e constituídas de acordo com o Estatuto do Idoso - Instituído pela Lei 10.741 em outubro de 2003.

Proposta 

A ideia principal é criar um espaço de convivência através de atividades relacionadas com práticas de dança circular popular (Ciranda de Pernambuco), do canto e consequentemente refletir, promover e garantir os direitos fundamentais dos idosos.

A ciranda é um tipo de dança e música do estado de Pernambuco. Tem sua origem na região do nordeste brasileiro, mais especificamente em Itamaracá. Essa manifestação da cultura popular surgiu com as mulheres de pescadores que cantavam e dançavam esperando eles chegar do mar. Caracterizada pela formação de uma grande roda, geralmente nas praias ou praças onde os integrantes dançam ao som de um ritmo lento e repetido. é uma dança comunitária que não tem preconceito quanto a cor, idade, condição social ou econômica dos participantes.

A ciranda é a mais simples das expressões populares. Não requer pratica, nem habilidade. Seu ritmo lento e suave permite a participação de pessoas idosas e atrai crianças pela facilidade do movimento e simplicidade. 

FOTO BRENO LAPROVÍTERA

Manifestação da cultura popular, a ciranda permanece

com os antigos e se renova com os jovens mestres.

 

Queremos desenvolver atividades que possa envolver, formar e informar o grupo da melhor idade e a comunidade no sentido de garantir a participação de todos nas políticas públicas voltadas para este público, respeitando o conhecimento acumulado e as limitações de cada participante.

 

Par e passo com essas atividades realizaremos palestras, oficinas e rodas de conversa para que possamos debater temas pertinentes às suas realidades, desafios e vivencias nos territórios, que tenham relação com alternativas de melhoria na qualidade de vida dos idosos.

 

Os objetivos principais desta proposta é resgatar a história de vida, elevar a autoestima  pensar alternativas atividades e melhoria nas relações pessoais e interpessoais com seus familiares, grupos de convivência, criação de oportunidades de compartilhar suas experiências, alegrias, sentimentos e suas angústias, tristezas, relações com o medo, insegurança e a depressão, sobretudo após a perda ou afastamento de entes queridos e isolamento causado pelas medidas de isolamento social em função da pandemia do Covid-19 dos participantes nas cidades.

Ao final pretendemos realizar montar um grupo de dança popular que se apresente em eventos nos equipamentos públicos ou nos seus respectivos territórios de origem, em eventos organizados pela Secretaria de Promoção Social ou Ação Social, tendo como público seus familiares (promovendo o fortalecimento de vínculo familiar) as pessoas de suas comunidades de origem e proporcionando algumas reflexões temáticas acerca temas relacionados com as questões inter geracionais.

Objetivos do projeto:

  • Sensibilizar os idosos participantes para que compreendam a importância do resgate das identidades, de valores, das histórias de vida e populares e pontuar as mudanças históricas entre as gerações.

  • Resgatar e elevar a autoestima do grupo, trabalhar aspectos relacionados à cidadania, prever seu protagonismo social e consequentemente buscar a melhoria da qualidade de vida das famílias.

  • Fortalecer vínculos seja através de ações educacionais (palestras e oficinas) ou culturais (oficina de dança, músicas e apresentações).

 

Objetivo específicos:

 

  • Atuar junto às famílias do município no sentido de resgatar a participação e inclusão de idosos e famílias nas políticas sociais, promover atividades de educação não formal, atividades culturais e de lazer.

  • Desenvolver atividades com os participantes que contribuam para elevação da autoestima, as relações pessoais e interpessoais com as famílias e comunidades.

  •  Promover palestras sócias educativas.

  •  Organizar e participar de eventos na comunidade ou em outros municípios;

ciranda - foto.jpg
Sem título.png
FIGURINOS CIRANDA 1.jpg

OBSERVAÇÃO:
As propostas detalhadas e as condições para realização do curso serão enviadas mediante manifestação de interesse.