Projeto Empreendedor Jovem

    O Projeto Empreendedor Jovem se apresenta como uma proposta de ação complementar aos projetos executados na área social que vem ocorrendo nas parcerias entre Secretaria de Assistência e Promoção Social, Secretaria de Educação e Programas do Governo Federal em inúmeros municípios.

    O principal objetivo é capacitar (na condição de aprendiz, dentro dos critérios do Estatuto da Criança e do Adolescente) 40 jovens acima de 14 anos, pertencentes ao PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil ou programas sociais que atendam adolescentes) para que através da linguagem do teatro e do teatro de bonecos, possam se organizar como empreendedores nas áreas do teatro, do mercado de brinquedos, de animação de festas ou em projetos de prevenção que possam utilizar a linguagem do teatro de bonecos.

    Este projeto se insere como um instrumento capaz de otimizar e potencializar as iniciativas já adotadas por iniciativa do poder público por intermédio das politicas e programas programas da Secretaria Nacional de Juventude,, Secretarias de Promoção e Desenvolvimento Social, através da implementação e execução de políticas públicas relacionadas com a Economia Criativa: desenvolvimento, trabalho e cultura, norteadas pelo Princípios e Diretrizes das Políticas de Juventude, qual seja, bolsa pecuniária, retorno à escola, capacitação adicional, formação cidadã, atividades comunitárias, ação em educação e iniciação para o mundo do trabalho através da utilização da linguagem artística do teatro de bonecos .

Inicialmente pode ser implantado como um projeto piloto com duração de 70 horas-aula.

O projeto será desenvolvido em 3 módulos: 

Módulo básico:

O conteúdo desse módulo deverá contribuir para o crescimento pessoal e integração social dos jovens, proporcionando-lhes:

 

  • fortalecimento da autoestima, desenvolvimento da sociabilidade, da criatividade e das capacidades de organização e comunicação;

  • discussão e vivência de questões ligadas à cidadania, possibilitando a consciência crítica, a autonomia e a importância da permanência e/ou retorno à escola; e

  • atividades culturais, de lazer e outras que contribuam para a ampliação de conhecimentos gerais e do universo cultural do jovem;

Obs.: As abordagens serão expositivas e será feita uma introdução aos temas para pontuar a sua importância.

Módulo específico:

  • conteúdo desse módulo deverá proporcionar aos jovens conhecimentos teóricos e práticos para o desenvolvimento de habilidades específicas que possibilitem a geração de renda. Serão incorporados conceitos e valores de ética profissional e informações gerais sobre gestão e segurança no trabalho.

  • Promover atividade de criação e confecção de bonecos de fantoche em espuma.

  • Orientações apontando possibilidades de criar e promover o próprio negócio, criação de produto ou prestação de serviço, levando em consideração os paradigmas emergentes e às necessidades de adequação frente as mudanças trazidas  pelo advento da Pandemia do COVID- 19.

  • Orientações Jurídicas (abertura de MEI)

Módulo Vivencia Prática e Orientação para Mundo do Trabalho:

  • A aprendizagem deverá compreender atividades práticas e teóricas e uma vivência prática.

  • A vivência prática tem por finalidade exercitar as habilidades e atitudes adquiridas durante o desenvolvimento do curso, constituindo-se como última etapa do projeto. Trata-se de um importante momento de síntese e avaliação do conteúdo trabalhado nos módulos básico e específico que pode proporcionar aos jovens a oportunidade de enfrentar situações em ambientes reais de trabalho.

  • Os jovens participantes deverão praticar comportamentos empreendedores de acordo com as oportunidades observadas no bairro ou na cidade onde vivem, respeitando a cultura da região e buscando contemplar algum benefício social para sua localidade.

  • Promover atividade de planejamento de ações.

Além dos módulos descrito acima esta previsto uma vivência prática em que os jovens através da criação dos bonecos e da criação de um espetáculos de teatro com os bonecos confeccionados colocarão em prática os conhecimentos adquiridos durante a capacitação e a avaliação continua dos processos de trabalho.

Espera-se que ao final do projeto estes jovens tenham condições de inserção no mercado de trabalho e/ou pensar alternativas de geração de renda relacionadas com a perspectiva de economia criativa  no cenário da arte e da cultura.

Este projeto se insere como um instrumento capaz de otimizar e potencializar algumas das iniciativas já adotadas pelo poder público, qual seja, bolsa pecuniária, retorno à escola, capacitação adicional, atividades comunitárias e uma ação em educação e iniciação para o trabalho através da utilização da linguagem do teatro e do teatro de bonecos como instrumento pedagógico.

DSCF0009.JPG

OBJETIVOS GERAIS

 - Inserção do publico alvo no mercado de trabalho.

- Exercício da cidadania.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Preparar 40 jovens que desenvolverão através da linguagem de teatro de bonecos atividades de animação e cultura.

- Atender as crianças e familiares participantes de programas sociais dos municípios com a apresentação do resultado do trabalho (apresentação do espetáculo de teatro de bonecos).

PUBLICO A SER ATENDIDO:

Adolescentes e Jovens acima de 14 anos de idade selecionados previamente  pela Secretaria de Assistência e Promoção Social ou Secretaria de Educação dos Municípios que executam projetos  como o PETI e outros programas relacionados.

Carga Horária (Geral) por Módulos:

  • Módulo Básico: 12 horas

  • Modulo específico - 32horas

  • Vivencia Prática  – 14 horas

Momentos das Oficinas Projeto 

OBSERVAÇÃO:
As propostas detalhadas e as condições para realização do curso serão enviadas mediante manifestação de interesse.